Como podemos ajudar sua corretora de seguros a superar limites?

Como montar uma corretora de seguros

Corretoras de seguros estão em alta. Com a comum sensação de insegurança dos dias atuais, mais pessoas têm buscado proteção. Em razão desta realidade, o mercado continua atraindo novos profissionais que desejam montar uma corretora de seguros.

Abrir uma corretora de seguros não é um processo fácil, o interessado precisa cumprir exigências de órgãos controladores e possuir conhecimento básico de gestão. Para saber mais, acompanhe os próximos apontamentos.

Antes de montar uma corretora de seguros você precisa definir algumas estratégias.

Antes de montar uma corretora de seguros você precisa definir algumas estratégias.

O que você precisa saber antes de abrir uma corretora de seguros

Abrir um negócio pede planejamento. São detalhes que precisam ser estudados e decididos com cautela. Veja o que analisar antes de montar uma corretora de seguros:

Profissão: Entenda que corretores atuam como intermediários entre cliente e seguradora. O corretor é o responsável direto pelo trâmite de venda e renovação de apólices. A lucratividade do trabalho depende da dedicação e rapidez do profissional.

Concorrência: Faça uma análise do mercado de corretoras na sua cidade ou região. Pesquise o modelo de trabalho destas empresas e defina qual será o seu diferencial em relação à elas.

Rede de relacionamento: Se fosse para começar a vender seguros hoje, quem seria o seu primeiro cliente? A sua rede de relacionamentos faz muita diferença no seu negócio.

Ramo de atuação: Saiba filtrar e identificar qual tipo de seguro você começará a vender. Não inicie acreditando que sozinho vai conseguir atender todos os segmentos. Identifique áreas que você tem afinidade. Algumas indicações tradicionais para corretores iniciantes:

  • Seguro auto (carro, moto, caminhão)
  • Seguro de vida;
  • Seguro residencial;
  • Seguro fiança;
  • Seguro viagem;
  • Seguro acidentes pessoais;
  • Plano de saúde.

Estruturação: Quem formará a corretora? Você será corretor individual ou vai buscar parceiros? Para trabalhar sozinho é exigida uma autorização de profissional autônomo feita pela Prefeitura de seu município. Procure o máximo de informações sobre como ser um corretor de seguros para não errar em seu projeto.

Como começar – Exigências legais

Para montar uma corretora de seguros você precisará ser aprovado no exame aplicado pela Funenseg, a Escola Nacional de Seguros. A avaliação acontece 3 vezes ao ano e somente com essa admissão é possível retirar a licença de corretor de seguros.

Se informe sobre a prova e verifique a necessidade de realizar o curso preparatório. A Funenseg oferece modalidades presenciais e a distância.

O próximo passo é obter a autorização de corretor de seguros na Superintendência de Seguros Privados (Susep). O órgão é responsável por controlar e fiscalizar corretoras de seguros do país.

A Susep expedirá a sua habilitação como pessoa física ou pessoa jurídica.

Em seguida faça a legalização da empresa. Com o nome definido procure a Prefeitura Municipal com os documentos solicitados para regulamentação.

Esta fase é bastante burocrática, no entanto, é fundamental para formalizar a corretora de seguros junto aos órgãos competentes. Corretores que atuam sem habilitação profissional podem ser punidos.

Tenha uma boa estrutura 

O local onde atenderá clientes e passará maior parte do seu dia deve ser adequado às suas expectativas. Se a corretora abrir as portas com três colaboradores, o espaço físico precisa ter capacidade para três mesas e área para recepcionar os clientes.

Saiba avaliar a localização, área de estacionamento e os estabelecimentos próximos. Evite vizinhos do mesmo ramo.

Logo no início monte uma estrutura organizacional. Divida, por exemplo, os setores de gestão, financeiro e vendas. Construir este organograma para a corretora vai ajudar a garantir o fluxo contínuo de tarefas e determinar as responsabilidades de cada pessoa.

Caso ocorra uma evolução na carteira de clientes 6 meses depois e haja a necessidade de expandir a equipe, então, busque um imóvel maior.

Dê atenção ao financeiro

Os primeiros custos para montar sua corretora surgirão na retirada da carteira profissional. Com a empresa ganhando forma, eles vão continuar surgindo, são taxas administrativas, aluguel, compra de móveis, salários, conta de energia e etc.

Somente com a efetivação das primeiras vendas você conseguirá equilibrar as finanças do seu negócio. Por isso, o planejamento inicial é importante.

Tente reduzir os gastos com detalhes. Faça pesquisas sobre o valor de equipamentos. Adquira móveis usados bem conservados. Encontre opções que valem o custo benefício, mas não caia em ofertas milagrosas. Produtos muito baratos podem te deixar na mão.

Treine a equipe

Os colaboradores precisam ser atenciosos e educados. Avalie os profissionais interessados em trabalhar na corretora e ofereça treinamentos para que o atendimento ao cliente não seja um problema.

Comunicação de qualidade e segurança na apresentação do produto fará com que o cliente confie no que está comprando.

A sua postura como gestor também influenciará no trabalho da equipe. Se o profissional tem mais experiência que você, agregue o que ele tem a oferecer.  Inclua na rotina reuniões semanais para ouvir o grupo e discutir resultados.

Promova reuniões semanais para ouvir experiências e comentar resultados.

Promova reuniões semanais para ouvir experiências e comentar resultados.

Conte com ferramentas tecnológicas

Encontre boas ferramentas para ajudar a gerenciar tarefas da corretora. Não se obrigue em memorizar números e datas de reuniões. A tecnologia está no mercado para isso. Aplicativos gratuitos de anotações e calendários são ótimos para organizar o dia a dia sem perder o controle do trabalho. Algumas opções ainda apresentam comando de voz e alarme. Assim, em determinado dia e horário, você recebe uma notificação lembrando de retornar a ligação do cliente.

Plataformas de comunicação instantânea, como o Whatsapp também auxiliam a estreitar o relacionamento comercial. Compartilhe novidades e esteja sempre aberto ao diálogo.

Se a intenção é economizar, contratar um sistema de gestão fará diferença para administrar e aumentar a produtividade da corretora.

Para profissionais com pouca experiência no ramo isso é muito importante, já que sistemas como as soluções Quiver fornecem relatórios e métricas constantes. É possível acompanhar os resultados das vendas e identificar estratégias eficientes para crescer frente à concorrência.

Os softwares desenvolvidos pela Quiver atendem corretoras de pequeno, médio e grande porte. As versões de multicálculo geram orçamentos com mais de 10 seguradoras em minutos. Opção ágil, inclusive para corretores individuais. Se você pretende abrir uma corretora de seguros, precisa conhecer as soluções Quiver.

Agende uma demonstração dos softwares Quiver

Fernando Rodrigues

Fernando Rodrigues

Fernando Rodrigues é empreendedor da área de softwares para corretoras de seguros há mais de 25 anos. Atualmente, é VP financeiro e de operações da Quiver, empresa líder no segmento de soluções para corretoras de seguros no Brasil. Formado em Tecnologia da Informação e Administração de Empresas, o executivo tem se dedicado ao crescimento da empresa, na superação dos limites dos clientes e na evolução constante dos colaboradores.

Tenha acesso aos nossos conteúdos VIP

Criados por uma equipe de especialistas para fazer a sua corretora superar limites