Como podemos ajudar sua corretora de seguros a superar limites?

10 preocupações básicas que um curso de corretor de seguros não ensina

Este artigo foi criado para ajudar você que pensa em iniciar, ou recém iniciou no universo da corretagem. Selecionamos 10 itens básicos que todo corretor de seguros deve ter e um curso de corretor de seguros normalmente não ensina. Não desmerecendo os cursos de corretores como o da Funenseg, por exemplo, que são importantes, mas eles funcionam para dar uma orientação técnica do trabalho de corretagem e o que queremos aqui é passar alguns ensinamentos práticos. Vamos lá:

1 – Vestir-se de maneira profissional

Essa é simples, não acha? Vista-se de maneira profissional para que os clientes te levem mais a sério. Tudo bem que cada um tem sua personalidade e não podemos ignorar isso, mas a sua maior preocupação precisa ser passar uma boa imagem para o cliente e não impor o seu estilo, deixe isso para as horas vagas.

Vestir-se bem vai te ajudar não somente com os clientes, mas dentro da corretora, pois você irá passar uma imagem mais imponente e isso pode ajudar você mesmo a se tornar mais confiante a cada dia.

Vestir-se bem é fundamental e um curso de corretor de seguros não ensina isso

Não precisa nem ser um smoking como esse (a não ser que você queira), mas vestir-se bem é fundamental.

2 – Adequar o vocabulário ao do cliente

Seguindo a mesma linha da dica anterior: a sua comunicação verbal também deve ser feita de maneira adequada. Você pode ser alguém que costuma usar muitas gírias no dia-a-dia, mas se percebe que o seu cliente não faz esse estilo, evite usá-las. Fale da maneira com que ele fala, seu objetivo é mostrar que ele pode confiar em você, portanto, use uma linguagem adequada para ele se sentir mais confortável.

3 – Lembrar a data de aniversário dos clientes

Entre em contato com o cliente no dia do aniversário para desejar os parabéns. Você com certeza será lembrado como alguém gentil por esse gesto e isso é ótimo para a sua imagem. Como dito, você precisa fazer com que seu cliente confie em você e, entrando em contato em um dia tão importante, você com certeza irá criar uma boa imagem.

Quer mais dicas como essa? Leia o artigo: Marketing de relacionamento para corretores de seguros – Tudo o que você precisa saber.

4 – Informar o cliente sobre o vencimento do seguro 

Seguindo a mesma ideia do tópico anterior, há outra data importantíssima para entrar em contato com o cliente. Demorar ou não avisar o cliente sobre o vencimento do seguro? Nem pensar! Se ele não for lembrado, ambos os lados sairão perdendo, portanto, esse deve ser um item imprescindível na sua checklist de corretor.

Claro que, para conseguir gerenciar isso, você precisa ter uma carteira de clientes bem organizada e sempre atualizada. Uma ferramenta como um sistema gerenciador pode te ajudar nessa função, pois o software faz envios de emails automático para avisar sobre o vencimento das apólices dos clientes, além de programar emails e SMS’s em diversas outras datas.

Quer entender melhor como funciona um sistema gerenciador para corretoras de seguros? Agende uma demonstração grátis de um software Quiver.

4 – Falar menos e ouvir mais 

Você deve demonstrar conhecimento e autoridade, inclusive no momento de ficar calado! Se você for um corretor de seguros que fala muito, vai acabar deixando pouco espaço para o cliente falar e, com isso, não vai conseguir conhecer bem seu cliente e entender suas dores.

Em uma conversa de vendas, deixe o cliente falar sobre a vida dele e perguntar sobre o seu produto. Quanto mais ele perguntar, melhor! Mas claro que você precisa ter as respostas na ponta da língua para não passar vergonha.

Fale menos e ouça mais

Fale menos e ouça mais. Esse é um dos segredos que você não aprende em um curso de corretor de seguros.

5 – Usar o WhatsApp de maneira profissional

Muita gente usa WhatsApp no Brasil, então provavelmente seu cliente também! O aplicativo deve ser um dos seus principais canais de comunicação, mas de nada adianta usá-lo de maneira amadora. Lembre-se sempre:

  • Não faça spam;
  • Seja cordial;
  • Capriche na ortografia;
  • Não “encha o saco” do cliente. 

6 – Não vender preço baixo

Um grande erro de corretores de seguros que estão começando (e até de alguns experientes) é achar que devem sempre vender o seguro mais barato. Nem todos os clientes fazem uma compra pensando no preço, principalmente se você conseguir transmitir o verdadeiro valor que o seguro tem. Se o cliente absorver essa mensagem, você conseguirá indicar coberturas extras que serão aceitas com certa facilidade. Mas para isso acontecer, vale ressaltar novamente, você precisa conhecer o cliente e entender suas dores.

Este post fará você repensar se deve oferecer o seguro mais barato para o seu cliente

7 – Apresentar cotações com agilidade

Você precisa agilizar as suas cotações, pois se demorar muito, o cliente pode fechar com outro corretor.

Portanto, use uma das ferramentas essenciais para corretores de seguros: o multicálculo de seguros.

Se você ainda não tem um multicálculo, ou está insatisfeito com o seu software atual, teste o Quiver Max por 7 dias gratuitamente (exclusivo para seguros auto).

8 – Dar suporte durante o sinistro

Esquecer o cliente durante um sinistro? Nem pensar! Essa é a principal hora de você agir e comprovar que o cliente está pagando por algo que realmente está valendo a pena. Não deixe que ele se sinta “esquecido”, se isso acontecer, quando o contrato chegar ao fim, você já não será mais o corretor dele.

9 – Organizar o portfólio de produtos e seu nicho de atuação

Não adianta querer vender de tudo para todos se você não tem capacidade para isso. Não é uma questão de desmerecimento, mas sim de autoconhecimento: você vai vender mais seguros se especializando em poucos produtos e atendendo nichos específicos de público-alvo.

Procure se tornar o maior especialista do produto X (auto, vida, residencial, etc), para ser visto pelos seus consumidores como a maior autoridade no ramo dentro de seu mercado de atuação. Você precisa ser o corretor que todo mundo do seu nicho de atuação é cliente ou “já ouviu falar”. Parece difícil? Se você organizar o foco da sua atuação, não vai ser!

10 – Buscar conhecimento constante

Vá além de um curso de corretor de seguros, busque conhecimento o tempo todo! Assim, você aprenderá novas técnicas diariamente e terá uma melhoria constante em seu trabalho. A Quiver tem um guia essencial para corretores de seguros iniciantes e até mesmo experientes no mercado, totalmente grátis. Faça download clicando no banner abaixo.

Além disso, acompanhe o blog Soluções para Corretoras, com publicações semanais de artigos pensando no seu sucesso.

 

Fernando Rodrigues

Fernando Rodrigues

Fernando Rodrigues é empreendedor da área de softwares para corretoras de seguros há mais de 25 anos. Atualmente, é VP financeiro e de operações da Quiver, empresa líder no segmento de soluções para corretoras de seguros no Brasil. Formado em Tecnologia da Informação e Administração de Empresas, o executivo tem se dedicado ao crescimento da empresa, na superação dos limites dos clientes e na evolução constante dos colaboradores.

Tenha acesso aos nossos conteúdos VIP

Criados por uma equipe de especialistas para fazer a sua corretora superar limites