Como podemos ajudar sua corretora de seguros a superar limites?

Como transformar o faturamento de uma corretora de seguros

Encontrar estratégias para alavancar as vendas e aumentar o faturamento da corretora de seguros é o objetivo de todos os gestores. Entretanto, o crescimento em grande escala também está relacionado à redução de erros, como detalhes do dia a dia de trabalho que impedem o colaborador de finalizar documentos e propostas consideradas essenciais. Entenda como administrar informações e medir a produtividade da equipe de trabalho pode fazer diferença na sua corretora de seguros e alavancar o faturamento.

Administre as informações

Uma corretora pode ter colaboradores proativos, gestor com liderança exemplar e carteira de clientes extensa, mas se os dados do sistema de gestão não forem confiáveis, todo o resto não importa. Um exemplo disso é a importância do registro de informações precisas sobre os clientes, pois um cadastro errado ou confuso colocará todo o relacionamento em risco.

Entenda seus custos

Para aumentar o lucro da corretora é necessário entender primeiro quais são os custos. Na primeira etapa, calcule o valor da venda. Some todas as despesas mensais da corretora, o resultado deve ser dividido pelo número de documentos (apólice, endosso, fatura).

Cálculo do valor de venda de uma corretora de seguros

Exemplo de cálculo do custo de venda de uma corretora de seguros.

 

Após descobrir o preço de uma venda, ficará mais simples estabelecer estratégias para aumentar o rendimento da corretora.

É importante esclarecer que “ganhar mais” não significa vender mais apólices. Já que as vendas exigem tempo dos colaboradores. O caminho está em desenvolver métodos que estimulam a produtividade da equipe.

Entenda os custos da corretora de seguros para aumentar seu faturamento.

Entenda os custos da corretora de seguros para aumentar seu faturamento.

Entretanto, só é possível desenvolver produtividade após medir a qualidade de cada setor.

Para isso, indico que você utilize o método da “corretora modelo”, criado a partir da minha experiência em uma corretora de seguros, quando o gestor me solicitou ajuda na administração.

Peça os seguintes relatórios

  • Relatório de propostas pendentes de emissão com datas de 01/1990 a 01/2100, se no relatório houver uma proposta pendente de emissão há mais de 30 dias, alguém errou.
  • Relatório de recibos de comissão: Compare o valor de comissões depositadas na conta da corretora e o relatório de recibos de comissão armazenados no sistema de gestão. Os números precisam ser iguais.

O resultado desta análise fará você reconhecer se os dados movimentados pela corretora de seguros estão dentro do seu sistema de gestão.

Com a minha experiência no mercado reconheço a dificuldade em fazer estes relatórios baterem, mas não é impossível. Busque uma solução para os impedimentos que atrapalham o fluxo de informações.

Entenda sobre o processo de interações no dia a dia da corretora

  • Cliente e venda: Relação baseada em troca de dados, formulários, vistorias e assinaturas;
  • Venda e pós-venda: Cotações, serviços e documentação;
  • Pós-venda e cliente: Atendimento e documentos.

Modelo tradicional de relação entre cliente e corretora.

O conflito da “corretora modelo” está no fato de que as tarefas são interrompidas para atendimento ao cliente, impedindo que seja medida a produtividade de cada colaborador.

A resolução deste problema está em alterar o movimento de atendimento o cliente.

Mude o fluxo de atendimento ao cliente

Para que a corretora possa crescer sem aumentar os custos e você possa estimular o colaborador a vender mais, sugiro uma simples mudança, contrate um responsável para atender o cliente. Este colaborador ficará designado a intermediar informações, permitindo que o pós-venda consiga realizar suas obrigações.

Novo fluxo de contato

  • Cliente e venda: Atendimento, venda, propostas, vistorias, etc.
  • Pós-venda: Foco direcionado para cadastrar informações e mantê-las atualizadas.

Novo modelo proposto.

A permanência dos setores em executar suas atividades específicas dará a chance de visualizar acertos e erros. Além disso, vai facilitar que você entenda qual a produtividade de cada colaborador.

Quer vender mais seguros? Pense fora da caixa

Divisão eficiente de trabalhos  

Para manter a organização do que é feito na corretora, tenha conhecimento da rotina de tarefas. Isto é, quais são executadas no dia, na semana e no mês.

Se compreender o sistema de tarefas é difícil para você, esse é o momento de mudar. Como gestor é essencial reconhecer por quais caminhos as informações percorrem até o resultado final.

Sinistros, emissões de apólices, propostas para digitação e retorno de e-mails são atividades que acontecem diariamente. Até o encerramento do expediente, elas devem ser zeradas. É mais uma oportunidade de você avaliar se o setor financeiro, por exemplo, está produzindo como o esperado.

No final da semana, faça a auditoria das tarefas designadas para o dia a dia. Verifique quais documentos não foram emitidos ao longo da semana e os motivos para as renovações estarem pendentes. Saiba detalhadamente as metas cumpridas e não cumpridas.

Desta forma, no último dia do mês, ficará mais simples realizar o balanço da produtividade da corretora.

Sugiro alguns pontos a serem verificados no mês:

Análise do índice de sinistros;

  • Revisão de objetivos;
  • Análise de produção;
  • Análise financeira;
  • Análise de metas.

Com essa avaliação, se torna mais simples entender porque determinadas estratégias não funcionam em sua corretora.

Execução de tarefas  

É muito difícil conseguir medir a produtividade de um setor quando alguém se ausenta do trabalho. Neste momento, a pergunta é: Quando o responsável por transferir os dados da apólice para o sistema entra de férias ou fica doente, quem faz o serviço dele? Ninguém?

Se os documentos acumulam na mesa neste período, significa que o fluxo de informações é quebrado. Ou seja, aumentam as oportunidades de erro na gestão de dados da sua corretora de seguros.

Em setores essenciais, se a saúde financeira da empresa permitir, conte sempre com dois colaboradores por função. Contrate uma pessoa para suprir a tarefa diária que não pode ficar acumulada. Este profissional treinado pelo seu capitão (colaborador responsável pela tarefa), atuará dando apoio às atividades.

A dupla sempre vai trabalhar em conjunto e quando o responsável faltar ao trabalho, o outro tem a função de executar suas tarefas com domínio.

Quando a equipe estiver recomposta, crie um mecanismo para que o responsável tenha conhecimento de tudo que foi feito durante o período de ausência.

Não importa o tamanho da corretora de seguros, este modelo é sempre o mesmo. Tenha um responsável em cada setor que sabe as tarefas a serem executadas no dia, semana e mês. Este coordenador monitora e organiza as atividades e cobre outros colaboradores em caso de falta.

Quiver: Software de gestão eficiente

Como vimos, transformar o faturamento da sua corretora depende de organização e análise detalhada das informações. Não é possível crescer quando etapas essenciais do processo de dados são desrespeitadas.

Claro que, para tornar tudo isso possível, é necessário um sistema de gestão completa para auxiliar no trabalho da equipe. A Quiver é reconhecida por oferecer softwares com tecnologia e eficiência de ponta, capazes de atuar como braço da diretoria de uma corretora de seguros.

Conheça os softwares Quiver e agende uma demonstração

 

Silvio Gardin

Silvio Gardin

Empreendedor – Criador do primeiro Software de Gestão de Corretoras de Seguros do Brasil. Profissional formado em processamento de dados pela Fatec-SP, atua desde 1977 no mercado de seguros. Em 1987, depois de 10 anos trabalhando na Vera Cruz Seguradora, optou por empreender num inédito mercado: o de desenvolvimento de softwares para informatização de corretoras de seguros. Desde então foi responsável pelo lançamento do pioneiro sistema Premium (1987), do sistema Broker (1995) e do Corretor on-line (2003). Atualmente é Presidente da Quiver.

Tenha acesso aos nossos conteúdos VIP

Criados por uma equipe de especialistas para fazer a sua corretora superar limites