Como podemos ajudar sua corretora de seguros a superar limites?

Organograma: Conheça os setores fundamentais de uma corretora de seguros

Para que uma corretora de seguros alcance o topo do mercado, há um intenso trabalho em equipe por trás. São profissionais comprometidos com suas tarefas e alinhados à cultura da empresa. E mais, amparados por uma estrutura organizacional consolidada.

O gestor que reconhece a necessidade de separar departamentos e os posiciona para que o trabalho se desenvolva sem quebras, possui uma visão privilegiada.

Corretoras de seguros com organogramas bem definidos são capazes de atender clientes com rapidez e aumentar as taxas de lucro. Acompanhe o artigo e entenda como estruturar os setores da sua corretora.

Organograma de uma corretora de seguros

Em geral, corretoras de seguros seguem a estrutura padrão de empresas: prospecção, vendas e renovação. Entretanto, seguro não é um produto convencional, exige análise do cliente e preparação dos colaboradores. Se o seu objetivo é ter gestão e vender mais, crie setores funcionais e bem definidos, cada um com suas metas e objetivos a cumprir. Veja um exemplo de organograma.

Com um organograma definido é possível delimitar tarefas e desenvolver estratégias de operação.

Com um organograma definido é possível delimitar tarefas e desenvolver estratégias de operação.

1- Gestor / Corretor responsável / Diretoria

O topo do organograma é sempre ocupado pelo líder (ou líderes) da corretora de seguros. Aqui está a responsabilidade de administrar a rotina de trabalho da equipe, acompanhar relatórios e gerar estratégias. O bom gestor deve ter controle total sobre a corretora e deve tomar atitudes que sirvam de exemplo.

2.1 – Setor financeiro

Em termos práticos, o financeiro é o coração da corretora de seguros. Neste setor estão as movimentações de fluxo de caixa, o que incluem a geração de lucros.  Os colaboradores do financeiro precisam ser altamente qualificados para lidarem com o cálculo de comissões, prêmios e despesas gerais. Além disso, devem estar em alerta para análises de riscos e possíveis erros. O diálogo entre o setor financeiro e o gestor precisa ser constante.

2.2 – Setor administrativo

Cadastro de clientes, gestão de apólices, endossos e faturas são tarefas do departamento administrativo. Neste setor são organizadas as emissões de documentos e as propostas de vendas efetivadas ou não. O administrativo também acompanha as atividades do financeiro e outros setores do organograma.

3.1 – Vendas

Corretores atuantes na área de vendas são responsáveis por encontrar clientes e oferecer as melhores vantagens em busca do fechamento de contrato.

Lembre-se que o diferencial deste departamento é a preparação do colaborador para o atendimento ao cliente. Corretores capazes de construir relacionamentos comerciais tendem a vender mais. Por isso, é importante estar cercado de pessoas criativas e dispostas a crescer com a corretora.

Quer vender mais seguros? Pense fora da caixa

3.2– Setor de sinistros

No mercado de seguros, o departamento de sinistros atende os clientes que sofreram acidentes ou danos materiais.

É neste momento que o cliente analisará se investiu em uma corretora eficiente e se a renovação vale a pena. Por isso, tenha um setor de sinistros preparado para administrar ocorrências, identificar as coberturas de clientes e reunir documentos sem burocracia.

3.3- Setor de renovação

No organograma de uma corretora bem consolidada, a área de renovação direciona

as apólices próximas do vencimento aos corretores. Realizar o pedido de orçamentos e acompanhar o processo até a assinatura final, também é dever deste setor.

Mesmo ocupando a posição final do organograma, a renovação tem peso decisivo na área administrativa e financeira.  

Estrutura de apoio

O modelo da corretora estruturado acima é um exemplo padrão. Empresas de grande porte podem exigir mais divisões, como recursos humanos, marketing e tecnologia de informação. O recomendado é identificar quais setores são necessários de acordo com as demandas da corretora.

Quiver: Soluções para todos os setores da Corretora

Para a gestão eficaz da corretora, além do organograma bem definido, é importante contar com softwares de gestão funcionais. A Quiver é reconhecida no mercado por oferecer soluções com 100% de cobertura aos departamentos de corretoras de seguros.

Conheça e escolha a solução mais completa e eficaz para a sua corretora.

Fernando Rodrigues

Fernando Rodrigues

Fernando Rodrigues é empreendedor da área de softwares para corretoras de seguros há mais de 25 anos. Atualmente, é Diretor Comercial e Financeiro da Quiver, empresa líder no segmento de soluções para corretoras de seguros no Brasil. Formado em Tecnologia da Informação e Administração de Empresas, o executivo tem se dedicado ao crescimento da empresa, na superação dos limites dos clientes e na evolução constante dos colaboradores.

Tenha acesso aos nossos conteúdos VIP

Criados por uma equipe de especialistas para fazer a sua corretora superar limites